quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

um dia a mais e um dia a menos








descalço as sapatilhas, sento-me, estico as pernas para o sofá do lado, vejo no computador o trabalho que ficou por fazer e fecho as janelas, uma a uma. do meu lado esquerdo estão livros de facturas para lançar e na cozinha trabalho inacabado. os pés estalam por baixo e as pernas latejam. tenho frio, apesar da lareira com as chamas altas. anseio por um banho a escaldar e de seguida embrulhar-me numa manta grande e macia e ficar em silêncio, por dentro e por fora. não sou ambiciosa. escrever isto é livrar-me do cansaço. não vá quem ler, ficar cansado por mim...






2 comentários:

  1. Às vezes, o cansaço acompanhado também ajuda.

    Beijos, ana :)

    ResponderEliminar
  2. é verdade, Maria. é um peso dividido :)

    bom dia!

    ResponderEliminar