sábado, 27 de maio de 2017

triângulo











não era ali que queria ir, nem onde lhe disseram para ir. o senhor do tempo surgiu no caminho que a levava à anciã.
- faz crescer o tempo fazendo aquilo que gostas. ele está a esgotar-se.
tinha-lhe mostrado o tempo como triângulos, quando fazia o que gostava, o triângulo invertido criava espaço de tempo, quando fazia apenas o que urgia, o triângulo estreitava o tempo.
anuiu e murmurou
- mas e ele? eu gosto dele...
- é um desperdício de tempo. tira-o do teu coração.
- não consigo
- como uma cebola. tira cada camada lentamente, para que no final te consigas ver, a ti, ao teu coração