sexta-feira, 18 de maio de 2018

acha que é amor?











a mulher que finalmente conseguiu deitar-se com o homem que tem uma vida que ela quer para ela, diz que acha que mexeu com ele
ele agora fala mais comigo. mexi com ele
eu, que a ouço, penso que seria difícil ela deitar-se com ele sem mexer com ele mexendo nele, mas não lhe digo 
acha que é amor?
pergunta-me, ao que lhe respondo com o costume
ah...certamente o sentimento irá crescendo
já lhe ouvi a pergunta 
acha que é amor? 
referindo-se a uma dezena de homens diferentes, com os quais ela ficaria, se eles ficassem. homens que quiseram uma noite com ela, homens que a agrediram, homens com quem teve filhos, homens que quiseram o dinheiro dela, homens com vícios, homens prepotentes, homens manipuladores. a pergunta foi sempre a mesma
acha que é amor?
e eu ali, sem saber o que lhe dizer, porque de amor eu não percebo nada, mas admirando a persistência dela argumentando
sabe que eu sou sozinha para tudo, para tudo...
e o tudo dela, é ela e dois filhos que fez com dois desses homens. e então ela vem insistindo, a cada homem com que mexe
será que mexi com ele? acha que é amor?
e eu, comovida com aquela ingenuidade e esperançando, também eu, por ela, vou-lhe dizendo
ah... pode ser, o amor cultiva-se e pode ir crescendo
e depois com o tempo, ganhando coragem para a desiludir
não. não vá por aí
mas a mulher não desiste e ao longo de tantos anos, continua
acha que é amor?
e eu sem saber em que esquina da minha vida deixei de me perguntar se é amor ou se alguma vez vi o amor em mim, para poder identificar um possível amor, nela












4 comentários:

  1. Já soube muito bem o que era, já deixei totalmente de saber e agora às vezes sei e sinto, outras é mais difícil.
    ~CC~

    ResponderEliminar