segunda-feira, 16 de abril de 2018

do dia







a medicação que a mulher que dizem que carrega uma doença acredita que a poderá salvar está retida na alfândega, num braço de ferro contra o tempo que todos os dias a precipita em dores.
aconselham-me a que não me preocupe, mas não consigo, nem sei quais os mecanismos que comandam a preocupação para poder desligá-los. 











4 comentários:

  1. Também tenho quase sempre o botão de "ligar" pressionado. Quando é ligado pela cabeça ainda procuro caminhos para o desligar, se é ligado pelo coração, não sei mesmo onde o encontrar.
    ~CC~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eu tenho cada vez mais 'coisas' ligadas ao coração.
      bom dia, CC

      Eliminar
  2. técnicas (eu sei, soa mal e trambalazanas...) de respiração são a minha forma de fazer resvalar as preocupações... tenta :)

    __________
    um copo de tinto também ajuda, que o branco tem demasiada acidez :D*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. vou mais pelo copo de tinto... :)
      beijo, alex*

      Eliminar