sexta-feira, 10 de novembro de 2017

lugar nenhum









a mulher gostava tanto de chegar, que estava sempre a partir, sem destino.












8 comentários:

  1. faz-me lembrar aquela história de amor entre a mulher que gostava de chegar e o homem que gostava de partir...

    ResponderEliminar
  2. Beijo bem chegado para não te sentir partida.

    ResponderEliminar
  3. Para chegar é preciso sempre partir, eu também gosto de andar de cá para lá (em sentido literal e não figurado), assim o pudesse mais.
    ~CC~

    ResponderEliminar