quarta-feira, 24 de maio de 2017

enquanto eu me perco com as horas








O homem da conferência que me diz que a palavra falada tem uma força afirmativa/curativa própria, fala de outra forma de inteligência, "Quando a nossa actividade é inteligente, nós somos elegantes. Não falamos demais, não acendemos botões a mais, não fazemos percursos de automóvel a mais. Entras numa espécie de estado minimal. A actividade inteligente é uma incrível economia prânica, uma incrível capacidade de lidar com o espaço e com o tempo e uma competência no dia-a-dia."















4 comentários:

  1. Respostas
    1. é uma forma diferente de considerar a inteligência, é uma economia :)

      Eliminar
  2. Dou muitas voltas de carro a mais: umas vezes porque me perco outras porque queria perder-me, e não acho que lide muito bem com o tempo. Concluindo, a minha inteligência desceu vertiginosamente aos meus olhos depois de ler este post...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :)
      é uma aprendizagem, Olvido, uma disciplina :)

      Eliminar