terça-feira, 6 de dezembro de 2016

é sempre a mesma coisa, ninguém tem respeito por mim
























isto passou-se no final das voltas da manhã de hoje, como lhe chama o meu filho - mãe, amanhã vais dar as voltas? - que quando cá está gosta de ir comigo, mas ainda bem que hoje não vinha. então o último sítio onde parei, foi no talho, e convém dizer que todos os dias vou ao talho, excepto ao domingo e segunda, para ir buscar vários, sim, vários, para cima de seis quilos de coxas de frango. ora, seis quilos de coxas, é muita coxa, e quanto maior a coxa, melhor para mim.
hoje, antes de entrar no talho, um minuto antes da hora de fechar, estão os três funcionários, duas mulheres e um homem, alinhadinhos lado a lado, com a mão na cintura, o meu saco cheiissimo pousado no balcão, à espera que eu pagasse. parece que nem me querem lá dentro, assim como quem espera que eu entre e saia rapidinho, já lhes tenho dito isso, o que eles negam, mas não sei, não.
digo eu:
- ana (o mesmo nome que eu, muito original), as coxas de ontem pareciam de pito da guia... - disse, até por acaso com muitos bons modos, sem reclamar nem nada.
- pois eram. até estava eu a metê-las na saca, e a dizer, a ana (ninguém me trata por dona, sei lá porquê) quando as vir, vai-me foder a puta da cabeça - disse a outra ana, sem tirar a mão da cintura.
e eu caladinha, com o olhar assestado (obrigada pelo termo, fica-me bem aqui) nos três, abanei a cabeça com um até amanhã, e amanhã quero mais coxas, mas grandes.

quando entrei no elevador, o espelho ofereceu-me um corpo com sapatilhas, calças de ganga, camisa azul claro, casaco vermelho, cabelo desgrenhado, muito desgrenhado. acho que tenho que mudar de visual.










9 comentários:

  1. essa outra ana parecia a vizinha do quarto sem cave :)

    ResponderEliminar
  2. Esse visual parece-me muito bem. Porquê mudar?!

    Ena tanta coxa!

    Bj, ana.

    ResponderEliminar
  3. :) a descrição fez-me rir, talvez seja preciso é arranjar um visual assustador para assim conseguir coxas mesmo grandes!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não tinha pensado nisso, Gabi...boa ideia!
      :)

      Eliminar
  4. Pois o visual :)) só se percebe quando deixam de nos chamar menina e passam a chamar-nos senhora :))

    ResponderEliminar