segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

Hirudoid








O aroma que exala o hirudoid que fricciono na minha perna, leva-me de volta ao tempo da infância e dos hematomas milagrosamente tratados pela minha mãe, com recurso à pomada. Nenhum tempo passado me traz saudades, a não ser esse, o tempo da confiança e do abrigo.






6 comentários:

  1. Confiança, abrigo e mimo. Também me lembro :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. nada de mal me poderia acontecer, nesse tempo :)

      Eliminar
  2. hirudoid, mercúrio cromo, tintura de iodo, sulfamidas... ahhhhh saudades de me esbardalhar no chão de cimento do meu quintal!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. é mesmo isso, il... que saudades de me esbardalhar :)

      Eliminar
  3. ... xarope branco, com sabor a anis, do laboratórios Vitória. Não curava feridas, mas abrandava a tosse e respondia ao desejo de doces. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. do xarope branco não me lembro. lembro-me de uma loção cor de rosa para as borbulhas, que se aplicava quando se tinha varicela :)

      Eliminar