segunda-feira, 24 de julho de 2017

dos medos











hoje o impontual convidou a blogosfera toda para, com ele, contar ondas e falar do que tem medo. quando lá cheguei, pensando que seria a única, não havia espaço livre no areal, nem ondas que restassem para contar.

mas fiquei eu a pensar nos medos, e, para além do medo de ter medo, tenho

medo de perder a confiança, na vida, nalgumas raras pessoas e em mim
e
medo de que o tempo seja pouco












9 comentários:

  1. ...quando o medo é na dose certa, até nem é mau.
    Beijocas larocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mantém-nos alerta, pois é?
      Bom dia, Goti

      Eliminar
  2. Vejo que nem as ondas merecem confiança ilimitada. E assim sendo, que o mar passe a ser um caminho. :)

    ResponderEliminar
  3. Tantos... por exemplo, medo de olhar para trás e parar.

    Beijo*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. esse não. se olho para trás, corro, para me distanciar.
      beijinho, Vanessa*

      Eliminar