domingo, 16 de julho de 2017

a lista










Há pesos, que sendo iguais, pesam mais nuns dias do que noutros, nuns minutos do que noutros, difere mesmo, a intensidade, de uma inspiração para outra.
Sento-me na beira da cama, naquele lado onde nunca me sento, olho para a sagrada família, para mim, naquela fotografia, com os filhos pequenos, para o meu pai, e pergunto-me o que é que na minha vida ando a fazer de maneira errada. A lista é extensa, talvez a deva escrever.
O gringo, aquele que trazia um pedaço do azul do céu nos olhos, onde me perdi por mais de mil dias, costumava dizer que se algo decorria com maus resultados, deveria ser feito de maneira inversa. Não é de hoje, perder-me no sem fim de dias, trazendo nas mãos apenas meia dúzia de palavras.











2 comentários:

  1. ontem comprei duas resmas de papel a4. queres uma? :*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Resma é o meu middle name. Traz as duas.
      Beijo :)

      Eliminar