quinta-feira, 11 de maio de 2017

Mais de dois anos esperei por uma pedra
























Sim, foram mais de dois anos que esperei por uma pedra. Uma ágata branca, nada de valioso da forma com que se avalia com dinheiro, mas tinha que ser aquela. Foi-me mostrada numa espécie de sonho. Já lhe tenho falado desta minha forma de viajar sem sair do lugar com o corpo. Mas tinha que ser assim, branco leitoso, oval e lisa, ah...e ágata branca, tinham-me dito. Há mais de dois anos que a procuro em lojas e feiras e mercados e nada. Esta semana, perguntei pelo messenger a uma artesã em Londres, e, embora nunca tivesse visto, gostou da minha história e conseguiu uma, de um fornecedor indiano. Limpou-a com sálvia branca, colocou-a na caixa mágica para energizar, e olhe...perfeito. Está a fazer-me o colar em macramé de forma a que a pedra me toque no centro do peito, como me foi dito. Sim, mais de dois anos para acontecer o que tinha que ser da forma certa. Até o que não acontece não é por acaso, não acha? Eu tenho a certeza.










9 comentários:

  1. Respostas
    1. Sim,Laura, vou publicar no post :)

      Eliminar
    2. valeu a pena esperar, Ana.
      beijinho e bom fds

      Eliminar
  2. Eu tammbém ando a aprender a ser paciente! ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. não é fácil, Ana, requer muita paciência :)

      Eliminar
  3. É muito bonita Ana, com a história incluída.
    ~CC~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. é bonita pela história, CC.
      bom fim de semana :)

      Eliminar
  4. Quem procura sempre alcança ana. É preciso saber esperar :)

    ResponderEliminar