terça-feira, 26 de janeiro de 2016

canela

































Acrescento canela na minha taça do pequeno-almoço. Dizem que acelera o metabolismo e faz perder a barriga. Quero ver isso. E se eu perder a barriga, quem me vai ajudar a encontrá-la.... ninguém como de costume, ou talvez a minha mãe. Sabes que só podem contar uma com a outra, dizia-me o homem terra há uns tempos atrás. E eu a saber. Sabes que só podes contar com a tua mãe e ela contigo, dizia-me uma amiga que vê para além das coisas, há uns tempos atrás. E eu a saber. Eu sei que só posso contar com a minha mãe, digo eu que tenho uns feelings de vez em quando e nada, nada certeiros, por sinal. Daí, que acho que não vou repetir a canela  no pequeno-almoço. A minha mãe já tem muitos cansaços acumulados para ter que, ainda por cima, ajudar-me a procurar a barriga, E, depois, que faço eu  com um buraco ali naquele sítio? Se ainda fosse mais acima... livrava-me daquele on reste toujours responsable pour ceux qu'on apprivoise... puto de peso... não acho nada bem, mas se 
calhar nem foi assim que ele disse...



(hoje isto só alinha à direita... terá sido ordens do marcelo?)
















8 comentários:

  1. ana, eu consumo canela numa série de coisas ao longo do dia e ainda não me vi obrigada a procurar a barriga.

    As mães são, de facto, as pessoas que nunca nos falham.

    Um bom dia. Beijo

    ResponderEliminar
  2. então fui enganada deepLuísa... felizmente... minha rica barriguinha :)

    quanto às mães, olha, há casos e casos ;)

    beijo

    ResponderEliminar
  3. Olha li no outro dia que se devia misturar banana com canela, confesso preguiçosa como sou, só experimentei uma única vez :) não tenho dados suficientes para estabelecer conclusões :)

    O senhor presidente, acho eu, que ainda não começou a "dar" ordens :)))


    Beijinho e dia bom

    ResponderEliminar
  4. exactamente vizinha, banana, canela, iogurte, aveia e chia... o meu pequeno-almoço...

    ah não? então porque é que só consigo alinhar o texto à direita?...

    beijo e bom treino :)

    ResponderEliminar
  5. Canela o mais possível...e nem um bocadinho de barriga a desaparecer!
    Mães: sim, sem dúvida, há casos e casos. Tem sorte a Ana e ainda bem.
    Procurei incansavelmente esse sentimento de saber que há alguém que não nos falha e ainda não tenho a certeza se encontrei...mas se encontrei acho que é não convencional, ou seja, não é de família original nem constituída.
    ~CC~

    ResponderEliminar
  6. tem que juntá-la com banana, CC :)
    sim, tenho sorte com a minha mãe. mas não foi sempre assim. foi uma relação que se construiu, já eu adulta.
    ...e depois, há a família biológica e a família de alma, podem coincidir, mas nem sempre...
    obrigada CC!

    ResponderEliminar