sábado, 24 de junho de 2017

o casal












ele e ela, sentados na mesa ao lado da minha, na véspera do dia de são joão, já são um casal há muitos muitos anos. sorriem. ela tem uma aparência calma, mas eu sei que aquela calma por vezes a queima por dentro. ele tem um ar distante, mas o ar à volta deles emana aceitação, entendimento. jantam sardinhas assadas, com batatas, pimentos, e acompanham com vinho tinto. ela come lentamente, com a sabedoria de quem sabe apreciar. mastiga devagar, sente o aroma do vinho antes de o tomar, e retém-no na boca breves momentos, antes de o engolir. conversam. ele, do seu lado esquerdo tem um telemóvel que é mais do que um smartphone, onde vai assistindo a um jogo de futebol. ela não se importa, olha-o com carinho, ele, respira tranquilidade pelo olhar. de vez em quando ela sorri na direcção da minha mesa, onde, o meu filho e antigo aluno dela, manifesta carinho pela avó. ele e ela ignoram as pessoas todas que enchem o restaurante, ávidas de motivos para comentários venenosos.














8 comentários:

  1. Respostas
    1. eu fiquei a gostar mais deles, por estarem nas tintas para os olhares dos outros :)

      Eliminar
  2. Respostas
    1. se somos o que comemos, eu sou uma sardinha. comi tantas... (coitadas)

      Eliminar
    2. se elas souberem que são ana, são felizes, certamente :D

      Eliminar
  3. Ai sardinhas com pimentos, tão bom. Só não consigo comê-las à mão e muito me gosam porisso :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. também não as como à mão, e também já fui gozada por isso :)

      Eliminar